Buscar
  • Sivlia Ferolla

Gordura no fígado. Como tratar?


Gordura no fígado. Médica avaliando exame do paciente.

O acúmulo de gordura no fígado ou esteatose hepática é uma doença muito comum, acomete 30% da população e está associada a obesidade, diabetes, colesterol alto e consumo excessivo de bebidas alcoólicas.

É uma doença assintomática. Pessoas acima de 40 anos que apresentem fatores de risco devem procurar um médico e realizar os exames. Quanto mais cedo a descoberta, mais fácil o tratamento.

A esteatose hepática ou gordura no fígado possui graus que variam desde esteatose simples (acúmulo de gordura isolada no fígado sem inflamação) até esteatoepatite (gordura associada a inflamação) que pode progredir para cirrose hepática.

Tratamento para esteatose

Não existe tratamento medicamentoso específico para a esteatose, o que se deve fazer é controlar os fatores de risco (obesidade, diabetes, colesterol alto e alcoolismo). A mudança de estilo de vida é o principal tratamento da doença e envolve mudança da dieta e inclusão de atividade física moderada pelo menos 4 vezes na semana.

A dieta ideal para reduzir a gordura no fígado é a dieta mediterrânea que propõe uma ingestão de 6 porções de vegetais ao dia, 2 porções de frutas ao dia, 1 porção peixe por semana, usar azeite para cozinhar e acrescentar azeite extra virgem nas preparações.

Eliminar os produtos industrializados, especialmente bebidas açucaradas como sucos de caixinha, refrigerante, reduzir o consumo de biscoitos, sorvetes, produtos de panificação e bebidas alcoólicas.

Para saber mais sobre como tratar corretamente a gordura no fígado, consulte a nutricionista Silvia Ferolla, há mais de 15 anos, especialista em Doença Hepática Gordurosa Não Alcoólica.


175 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
WhatsApp.png